Rebirth of RPG


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Crônicas de um Pequeno Kazekage

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Crônicas de um Pequeno Kazekage em Dom 14 Abr 2013, 18:03

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
<center>

[Off]
Esse tópico poderá ser considerado a história do personagem em ON. Ela se passa no momento em que Suna foi atacada pelo Shukako até a colação de Yuki, selamento do Bijuu e afins. Futuramente pode vir a servir para contar histórias passadas.


<div style="width:410px; text-align: justify; font-family: verdana; font-size: 11px;">
Ataque do Bijuu

Tudo aconteceu muito rápido naquele dia. Não se sabia exatamente o motivo real para tal ter acontecido. A grande besta de uma cauda atacou a vila naquela noite fria trazendo enorme desgraça para a vila. Yuki estava em missão quando foi avisado do incidente voltando imediatamente para a vila. Ao chegar na mesma encontrou o Kazekage lutando contra o monstro enquanto os ninjas faziam a evacuação da mesma. O Kazekage havia sido atingido e estava no chão e sangrando muito, a bijuu preparava uma bijuudama a qual seria direcionada para a vila onde centenas de civis ainda estavam à correr pela vila. A bijuudama foi feita e atirada. Uma garotinha estava sozinha na rua entre todos que corriam e a bijuudama se aproximava. Quando a mesma olhou para a bijuudama, esta estava à 15 metros da menina, era uma enorme bola de chakra. A pobre garota apenas soluçou, sendo inútil qualquer reação. Porém a Bijuudama foi parada ainda no ar. Seis linhas de chakras negras seguravam a bjuudama. De pé em frente à garota, estava Yuki vestindo seu sobretudo negro e em suas mãos uma de suas cartas marcadas com o simbolo. À frente de Yuki erguia-se uma barreira, um fuuinjutsu que começou a sugar a Bijuudama. Yuki olhou para a garota e disse: - Tudo vai ficar bem agora.

Yuki era um dos jounnins mais prestigiados da vila, embora fosse ainda um adolescente de 17 anos. Considerado um prodígio, alguns acreditavam que ele fosse a solução para defender a vila caso o Kazekage falhasse. Yuki se teleportou para cima do Bijuu onde havia lançado uma de suas cartas anteriormente e reabrindo o portal redirecionou a Bijuudama para a própria Bijuu. Uma grande explosão aconteceu, a bijuu havia saltado para alguns metros dali mas fora atingida parcialmente. Yuki foi até onde o Kazekage estava e o ajudou a se levantar

- Levante Kazekage-Sama, temos que vencer esse monstro - Disse Yuki
- Yuki-kun! Não sei se terei força... Ugh! - Ele cospiu sangue - Só consigo fazer um último ataque... Preciso de sua ajuda, não deixe o monstro escapar!
- Claro Kazekage-Sama! O que quer que eu faça?

O Kazekage contou o plano para Yuki que assentiu com a cabeça e teleportou dali deixando o Kazekage sozinho.


</div></div></center>

Itens Em Geral:


Nome: Carta no Onoki
Rank: S
Tipo: Única
Aparência: Um baralho Comum
Descrição: Aparentemente se trata de um baralho de cartas comum. Estas porém tem características únicas. Produzidas pelos altos artesãos do clã Tegami, estas possuem habilidades próprias. Ao receber Chakra, o baralho "produz" mais cartas, estas começam a brilhar um estranho brilho roxo e conduzem o chakra se tornando altamente afiadas e destrutivas. Embora sejam leves, podem ser arremessadas com grande maestria pelo seu dono. Ao entrar em contato com o alvo ela expande todo seu chakra acumulado criando uma pequena explosão. Se usar grande quantidade de cartas, a explosão se torna cada vez mais potente.
- Gasto de 100 de Chakra para ativar o baralho e mais 30 de Ch por post para manter
- Pode-se "passar" o chakra para o baralho 3 vezes por post. Dano Rank A (Até 20 Cartas por Post)
- A Explosão é de 1 Mt de diâmetro, sendo multiplicado pela quantidade de cartas.
Espaço: 5


Nome: Bastão no Onoki
Rank: A
Tipo: Incomum
Aparência: Img
Descrição: Aparentemente trata-se de um bastão comum. Este porém ao ser ativado por chakra, ativa uma habilidade única. O mesmo tem um grande poder destrutivo, o qual ao tocar no alvo libera uma quantidade de chakra suficiente para criar uma leve explosão. Embora pequena, o impácto que é criado através desta causa um grande Dano.
- Dano Rank da Arma. Pode-se usar a liberação de Chakra 3 vezes por post.
- Gasto de 100 de Ch para ativar o bastão e 30 de Ch pra cada vez que liberar chakra através deste.
- Explosão de 5 Mt de diâmetro
Espaço: 10


Nome: Uchi Bastão no Onoki
Rank: S
Tipo: Rara
Aparência: Img
Descrição: Aparentemente trata-se de um bastão comum. Este porém ao ser ativado por chakra, ativa uma habilidade única e toma uma cor azulada. O mesmo tem um grande poder destrutivo, o qual ao tocar no alvo libera uma quantidade de chakra suficiente para criar uma grande explosão. O impácto que é criado através desta causa um grande Dano. O que diferencia este bastão de seu inferior (Bastão Onoki) é sua capacidade de dar dano no chakra.
- Dano Rank da Arma para cada explosão. Pode-se usar a liberação de Chakra 3 vezes por post.
- Gasto de 50 de Ch pra ativar e mais 50 de Ch para cada Explosão
- Explosão de 10 Mt de diâmetro não afetando o usuário.
- É altamente eficaz contra Bijuus causando o dobro de dano.
Espaço: 10


Nome: Athenas Blades
Rank: S
Tipo: Rara
Descrição: São duas blades gêmeas, espadas com um fino brilho azul e a outra avermelhado. Ambas possuem propriedades únicas que as fazem liberar dois dos mais poderosos elementos da natureza, o Raiton e o Katon respectivamente. São extremamente leves e de grande poder de corte, tem uma resistência bem elevada. Acompanham uma espécie de bainha para serem guardadas nas costas.
Spoiler:

- Ao serem usadas deixam um rastro de luz azul e vermelho no ar de acordo com qual delas está sendo usada.
- Podem lançar rajadas de Raiton e de Katon 3 vezes por post (Contando as duas, alcance 20m/cada, Dano de Rank A).
- Ativar o chakra nas lâminas consome 100 de Chakra e gasta 20 de Chakra por post pra manter.
Espaço: 10 As duas (5 cada)

Jutsus Usados:
Hiraishin no Jutsu
Rank: S
Descrição: O Hiraishin no Jutsu é uma técnica criada por Namikaze Minato, que permite ao usuário se transportar para um local marcado em um piscar de olhos. Esta técnica foi a razão por trás de seu apelido, "Raio Dourado de Konoha" (木 ノ 葉 の 黄色い 閃光, Konoha no Senko Kiiroi). Para ativar esta técnica, o usuário precisa de um selo especial ou "fórmula técnica" (术 式, jutsu-shiki) para marcar o destino. Após isso ser feito, o utilizador introduz um vazio dimensional que se transporta instantaneamente para o local do selo. A técnica pode criar fumo, semelhante a uma técnica de invocação, mas que não é sempre o caso. Minato aplicou a fórmula com antecedência nas suas kunais especiais. Ao dar uma kunai a uma pessoa, ele pode se teleportar imediatamente para a pessoa a qualquer momento. Ele também pode aplicar a marca a uma área tocada, como no seu adversário ou alguma outra característica circundante. A técnica é rápida o suficiente para permitir que mesmo, Minato, possa escapar do Jikūkan Idō de Tobi, apesar de este já estar em contato físico com ele. Minato também pode usar esta técnica para tele transportar outros objetos, como quando ele é usado para tele portar a Kurama para fora de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário. É devido a esta técnica que Konohagakure saiu vitoriosa em uma batalha contra Iwagakure durante a Terceira Guerra Mundial Shinobi, apesar de já com falta de mão de obra na linha de frente. Depois de ter seus subordinados a lançar kunais marcadas aleatoriamente para as fileiras inimigas, Minato usou a técnica para aparecer dentro de suas fileiras, utilizando-se a grande velocidade da técnica, aparentemente parecem estar em vários lugares de uma só vez e acabar com esquadrões inteiros um por um em momentos antes que pudessem sequer reagir. Isto, combinado com velocidade natural imensa de Minato e reflexos torna esta técnica extremamente mortal e de acordo como Minato feito o mais rápido ninja de todos os tempos. Minato também passou a técnica para seus guardas especiais, Genma Shiranui, Raido Namiashi e outro shinobi, porém todos os três são necessários para executar a técnica. Para fazer isso, eles formam um círculo com um outro efectuando o selo de confronto com a outra com os dedos polegares seus intermediários, e índice de tocar. Isto permite-lhes para transportar qualquer coisa dentro dos limites do anel. Como eles são agora os guardas da Quinta Hokage, Tsunade foi marcada com a fórmula técnica.


Obs: Depois posto mais tenho que sair

2 Re: Crônicas de um Pequeno Kazekage em Sab 20 Abr 2013, 08:55

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
<center>

<div style="width:410px; text-align: justify; font-family: verdana; font-size: 11px;">
Desespero

Yuki se levantou e ajudou o Kazekage a se levantar. As habilidades do Kazekage eram surpreendentes. O mesmo tinha as habilidades do clã mais poderoso da aldeia, ele manipulava o Magnetismo, e assim manipulava com isso o Sakin (Areia de Ouro). Embora a luta já tivesse se arrastado fazia tempo, o Kazekage se pôs de pé para segurar o Bijuu até que Yuki retornasse.

- Vá agora Yuki! - Gritou ele
- Senhor, mas o senhor não está em condi...
- VÁ AGORA É UMA ORDEM! QUER VER SUA VILA SER DESTRUÍDA? VOCÊ MAIS DO QUE QUALQUER OUTRO DEVE SABER DAS RESPONSABILIDADES!

Yuki ficou atônico, não sabia ao certo se aquilo deveria ser assim. Sabia que tinha habilidades para proteger a vila do Bijuu, mas outros motivos impeliam ambos (Kazekage e Aluno) a obter meios de defender a vila a qualquer custo.

Yuki se virou correndo em direção à vila. Fez um selo de mão aparecendo no alto da muralha. Achar seu irmão ali seria como achar uma agulha no palheiro. Começou a teleportar de marca em marca cobrindo boa parte do território, sempre gritando por seu irmão. Teleportava e corria entre as pessoas que gritavam e corriam desgovernadas em meio ao Caos e desespero. Como era noite, no Deserto à noite fazia muito frio. As cinzas das casas queimadas e da destruição caíam do céu como neve e encobria as ruas e as pessoas. Tudo isso tornava sua tarefa ainda mais difícil. Ouvia-se ao longe os rugidos do Bijuu e baques surdos da areia do Kazekage se chocando contra o monstro. A cada baque, a cada rugido, o coração de Yuki acelerava.

Com muito esforço conseguiu encontrar seu irmão ajudando na evacuação da vila.
- O que está fazendo aqui?! - Perguntei à Ele
- O que acha que estou fazendo? Evacuando a vila! - Gritou ele (Em meio ao barulho todos gritavam para conversar)
- Estou precisando de você na luta contra o Bijuu - Respondi
- Mano acorda eu ainda sou Chunnin, não tenho nível para lutar contra Bijuu como você! - Gozou ele
- Você não entende?! Eu PRECISO DE VOCÊ! - Ordenei estendendo a mão para que ele a segurasse

Com certo receio ele a segurou. Após segurar efetuei um selo e nos teleportei até a marca que havia deixado no campo de batalha perto de onde encontrei o Kazekage.


</div></div></center>

Itens Em Geral:


Nome: Carta no Onoki
Rank: S
Tipo: Única
Aparência: Um baralho Comum
Descrição: Aparentemente se trata de um baralho de cartas comum. Estas porém tem características únicas. Produzidas pelos altos artesãos do clã Tegami, estas possuem habilidades próprias. Ao receber Chakra, o baralho "produz" mais cartas, estas começam a brilhar um estranho brilho roxo e conduzem o chakra se tornando altamente afiadas e destrutivas. Embora sejam leves, podem ser arremessadas com grande maestria pelo seu dono. Ao entrar em contato com o alvo ela expande todo seu chakra acumulado criando uma pequena explosão. Se usar grande quantidade de cartas, a explosão se torna cada vez mais potente.
- Gasto de 100 de Chakra para ativar o baralho e mais 30 de Ch por post para manter
- Pode-se "passar" o chakra para o baralho 3 vezes por post. Dano Rank A (Até 20 Cartas por Post)
- A Explosão é de 1 Mt de diâmetro, sendo multiplicado pela quantidade de cartas.
Espaço: 5


Nome: Bastão no Onoki
Rank: A
Tipo: Incomum
Aparência: Img
Descrição: Aparentemente trata-se de um bastão comum. Este porém ao ser ativado por chakra, ativa uma habilidade única. O mesmo tem um grande poder destrutivo, o qual ao tocar no alvo libera uma quantidade de chakra suficiente para criar uma leve explosão. Embora pequena, o impácto que é criado através desta causa um grande Dano.
- Dano Rank da Arma. Pode-se usar a liberação de Chakra 3 vezes por post.
- Gasto de 100 de Ch para ativar o bastão e 30 de Ch pra cada vez que liberar chakra através deste.
- Explosão de 5 Mt de diâmetro
Espaço: 10


Nome: Uchi Bastão no Onoki
Rank: S
Tipo: Rara
Aparência: Img
Descrição: Aparentemente trata-se de um bastão comum. Este porém ao ser ativado por chakra, ativa uma habilidade única e toma uma cor azulada. O mesmo tem um grande poder destrutivo, o qual ao tocar no alvo libera uma quantidade de chakra suficiente para criar uma grande explosão. O impácto que é criado através desta causa um grande Dano. O que diferencia este bastão de seu inferior (Bastão Onoki) é sua capacidade de dar dano no chakra.
- Dano Rank da Arma para cada explosão. Pode-se usar a liberação de Chakra 3 vezes por post.
- Gasto de 50 de Ch pra ativar e mais 50 de Ch para cada Explosão
- Explosão de 10 Mt de diâmetro não afetando o usuário.
- É altamente eficaz contra Bijuus causando o dobro de dano.
Espaço: 10


Nome: Athenas Blades
Rank: S
Tipo: Rara
Descrição: São duas blades gêmeas, espadas com um fino brilho azul e a outra avermelhado. Ambas possuem propriedades únicas que as fazem liberar dois dos mais poderosos elementos da natureza, o Raiton e o Katon respectivamente. São extremamente leves e de grande poder de corte, tem uma resistência bem elevada. Acompanham uma espécie de bainha para serem guardadas nas costas.
Spoiler:

- Ao serem usadas deixam um rastro de luz azul e vermelho no ar de acordo com qual delas está sendo usada.
- Podem lançar rajadas de Raiton e de Katon 3 vezes por post (Contando as duas, alcance 20m/cada, Dano de Rank A).
- Ativar o chakra nas lâminas consome 100 de Chakra e gasta 20 de Chakra por post pra manter.
Espaço: 10 As duas (5 cada)

Jutsus Usados:
Hiraishin no Jutsu
Rank: S
Descrição: O Hiraishin no Jutsu é uma técnica criada por Namikaze Minato, que permite ao usuário se transportar para um local marcado em um piscar de olhos. Esta técnica foi a razão por trás de seu apelido, "Raio Dourado de Konoha" (木 ノ 葉 の 黄色い 閃光, Konoha no Senko Kiiroi). Para ativar esta técnica, o usuário precisa de um selo especial ou "fórmula técnica" (术 式, jutsu-shiki) para marcar o destino. Após isso ser feito, o utilizador introduz um vazio dimensional que se transporta instantaneamente para o local do selo. A técnica pode criar fumo, semelhante a uma técnica de invocação, mas que não é sempre o caso. Minato aplicou a fórmula com antecedência nas suas kunais especiais. Ao dar uma kunai a uma pessoa, ele pode se teleportar imediatamente para a pessoa a qualquer momento. Ele também pode aplicar a marca a uma área tocada, como no seu adversário ou alguma outra característica circundante. A técnica é rápida o suficiente para permitir que mesmo, Minato, possa escapar do Jikūkan Idō de Tobi, apesar de este já estar em contato físico com ele. Minato também pode usar esta técnica para tele transportar outros objetos, como quando ele é usado para tele portar a Kurama para fora de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário. É devido a esta técnica que Konohagakure saiu vitoriosa em uma batalha contra Iwagakure durante a Terceira Guerra Mundial Shinobi, apesar de já com falta de mão de obra na linha de frente. Depois de ter seus subordinados a lançar kunais marcadas aleatoriamente para as fileiras inimigas, Minato usou a técnica para aparecer dentro de suas fileiras, utilizando-se a grande velocidade da técnica, aparentemente parecem estar em vários lugares de uma só vez e acabar com esquadrões inteiros um por um em momentos antes que pudessem sequer reagir. Isto, combinado com velocidade natural imensa de Minato e reflexos torna esta técnica extremamente mortal e de acordo como Minato feito o mais rápido ninja de todos os tempos. Minato também passou a técnica para seus guardas especiais, Genma Shiranui, Raido Namiashi e outro shinobi, porém todos os três são necessários para executar a técnica. Para fazer isso, eles formam um círculo com um outro efectuando o selo de confronto com a outra com os dedos polegares seus intermediários, e índice de tocar. Isto permite-lhes para transportar qualquer coisa dentro dos limites do anel. Como eles são agora os guardas da Quinta Hokage, Tsunade foi marcada com a fórmula técnica.



Última edição por Yuki Akimoto em Sab 20 Abr 2013, 08:55, editado 1 vez(es) (Razão : Editado por Yuki Akimoto)

3 Re: Crônicas de um Pequeno Kazekage em Sab 20 Abr 2013, 09:32

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
<center>

<div style="width:410px; text-align: justify; font-family: verdana; font-size: 11px;">
A força da familia

Apareceu juntamente com seu irmão na marca deixada no campo de batalha. O Kazekage estava tentando enforcar a Bijuu com seu Sakin, mas no momento exato em que chegamos a mesma deu uma patada jogando-o longe, fazendo com que o arco de Sakin que enforcava a bijuu se desfizesse. A bijuu abriu a boca e liberou uma poderosa rajada de futton na direção do Kazekage.

- NÃO! - Gritou Kaz, o irmão de Yuki

No momento que ele gritou, ele levantou a mão erguendo uma parede de Sakin entre o Kazekage e a onda de Futton, fazendo com que o Futton se chocasse contra o Sakin. Kaz tinha a mesma habilidade do Kazekage, havia herdado essa herança sanguínea do Avô, enquanto Yuki herdou a herança sanguínea de sua mãe.

Yuki se teleportou para a marca mais próxima do Kazekage e correu com sua velocidade sobre-humana para segurá-lo antes que este pudesse cair no chão e se ferisse gravemente.

- Kazekage-Sama! - Gritou Yuki ao pegá-lo no ar
- Yuki-Kun... Precisamos dar início ao selamento... Urgh... Mas ele ainda está muito forte, não vamos conseguir! Precisamos enfraquecê-lo!

Yuki observou a situação eminente. Não havia muito o que fazer. O tempo parou por um segundo e os sons pareciam mais distante. Yuki se viu olhando para os lados sendo forçado a tomar decisões. Naquele momento, um novo ar de sabedoria, direção e liderança o tomou; Nascia ali, um novo Kazekage.

Acordando de súbito de seu devaneio com o ar agora de quem sabia exatamente o que fazer, virou para o kazekage e disse:

- Prepare o fuuinjutsu...

Dizendo isso foi andando na direção da bijuu e retirou seu Ulti Bastão no Onoki. Era seu bastão especial feito pelos maiores artesãos do continente. Tinha um brilho azulado que emanava do seu centro. O Bastão tinha a habilidade de criar explosões e dar dano diretamente no chakra.

- Kaz, segure as patas dele ok? Não o deixe se mover. E proteja o Kazekage, vá para perto dele - Disse Yuki ao passar ao lado do irmão indo em direção ao Bijuu.

Não houve resposta. Kaz fez a sua areia de sakin envolver os pés do Bijuu e suas mãos fazendo com que o animal ficasse quase imóvel a não ser pela boca. Claro que assim como antes o Bijuu seria capaz de escapar. Mas agora havia algo diferente. Yuki iria despedaçar o chakra do Bijuu.

Segurando o Bastão na mão esquerda, pegou uma de suas cartas no bolso com a mão direita. Nesse momento seus olhos vermelhos brilharam. Um selo do Hiraishin era feito na carta. Yuki arremessou a carta na direção do Bijuu e usou o jutsu Kage Shuriken que fez com que a carta se multiplicasse em milhares. As cartas cercaram o Bijuu... Era a hora da verdadeira habilidade de Yuki aparecer...

Teleportando de carta em carta, Yuki batia com seu bastão na bijuu liberando explosões no chakra da mesma a cada vez que se teleportava. Batia em todas as partes e era tão rápido que nem podia acompanhá-lo com olhos comuns. Como seu bastão era azul, um brilho azul era deixado e apenas isso era visto. Com poucos segundos a bijuu caiu no chão exausta.

Yuki se teleportou para perto do kazekage novamente. Respirava com dificuldade, usar tanto o Hiraishin e liberar tanto chakra através do seu bastão fez com que o mesmo ficasse completamente exausto e quase sem chakra.

O Jutsu do Kazekage estava pronto. Yuki chamou seu irmão para perto de si e sem que o garoto soubesse do seu destino, Yuki disse apenas "me perdoe" e deu uma pancada na cabeça do irmão que desmaiou. O Kazekage então efetuou o Fuuinjutsu selando a Bijuu no irmão de Yuki.
</div></div></center>

Itens Em Geral:


Nome: Carta no Onoki
Rank: S
Tipo: Única
Aparência: Um baralho Comum
Descrição: Aparentemente se trata de um baralho de cartas comum. Estas porém tem características únicas. Produzidas pelos altos artesãos do clã Tegami, estas possuem habilidades próprias. Ao receber Chakra, o baralho "produz" mais cartas, estas começam a brilhar um estranho brilho roxo e conduzem o chakra se tornando altamente afiadas e destrutivas. Embora sejam leves, podem ser arremessadas com grande maestria pelo seu dono. Ao entrar em contato com o alvo ela expande todo seu chakra acumulado criando uma pequena explosão. Se usar grande quantidade de cartas, a explosão se torna cada vez mais potente.
- Gasto de 100 de Chakra para ativar o baralho e mais 30 de Ch por post para manter
- Pode-se "passar" o chakra para o baralho 3 vezes por post. Dano Rank A (Até 20 Cartas por Post)
- A Explosão é de 1 Mt de diâmetro, sendo multiplicado pela quantidade de cartas.
Espaço: 5


Nome: Bastão no Onoki
Rank: A
Tipo: Incomum
Aparência: Img
Descrição: Aparentemente trata-se de um bastão comum. Este porém ao ser ativado por chakra, ativa uma habilidade única. O mesmo tem um grande poder destrutivo, o qual ao tocar no alvo libera uma quantidade de chakra suficiente para criar uma leve explosão. Embora pequena, o impácto que é criado através desta causa um grande Dano.
- Dano Rank da Arma. Pode-se usar a liberação de Chakra 3 vezes por post.
- Gasto de 100 de Ch para ativar o bastão e 30 de Ch pra cada vez que liberar chakra através deste.
- Explosão de 5 Mt de diâmetro
Espaço: 10


Nome: Uchi Bastão no Onoki
Rank: S
Tipo: Rara
Aparência: Img
Descrição: Aparentemente trata-se de um bastão comum. Este porém ao ser ativado por chakra, ativa uma habilidade única e toma uma cor azulada. O mesmo tem um grande poder destrutivo, o qual ao tocar no alvo libera uma quantidade de chakra suficiente para criar uma grande explosão. O impácto que é criado através desta causa um grande Dano. O que diferencia este bastão de seu inferior (Bastão Onoki) é sua capacidade de dar dano no chakra.
- Dano Rank da Arma para cada explosão. Pode-se usar a liberação de Chakra 3 vezes por post.
- Gasto de 50 de Ch pra ativar e mais 50 de Ch para cada Explosão
- Explosão de 10 Mt de diâmetro não afetando o usuário.
- É altamente eficaz contra Bijuus causando o dobro de dano.
Espaço: 10


Nome: Athenas Blades
Rank: S
Tipo: Rara
Descrição: São duas blades gêmeas, espadas com um fino brilho azul e a outra avermelhado. Ambas possuem propriedades únicas que as fazem liberar dois dos mais poderosos elementos da natureza, o Raiton e o Katon respectivamente. São extremamente leves e de grande poder de corte, tem uma resistência bem elevada. Acompanham uma espécie de bainha para serem guardadas nas costas.
Spoiler:

- Ao serem usadas deixam um rastro de luz azul e vermelho no ar de acordo com qual delas está sendo usada.
- Podem lançar rajadas de Raiton e de Katon 3 vezes por post (Contando as duas, alcance 20m/cada, Dano de Rank A).
- Ativar o chakra nas lâminas consome 100 de Chakra e gasta 20 de Chakra por post pra manter.
Espaço: 10 As duas (5 cada)

Jutsus Usados:
Hiraishin no Jutsu
Rank: S
Descrição: O Hiraishin no Jutsu é uma técnica criada por Namikaze Minato, que permite ao usuário se transportar para um local marcado em um piscar de olhos. Esta técnica foi a razão por trás de seu apelido, "Raio Dourado de Konoha" (木 ノ 葉 の 黄色い 閃光, Konoha no Senko Kiiroi). Para ativar esta técnica, o usuário precisa de um selo especial ou "fórmula técnica" (术 式, jutsu-shiki) para marcar o destino. Após isso ser feito, o utilizador introduz um vazio dimensional que se transporta instantaneamente para o local do selo. A técnica pode criar fumo, semelhante a uma técnica de invocação, mas que não é sempre o caso. Minato aplicou a fórmula com antecedência nas suas kunais especiais. Ao dar uma kunai a uma pessoa, ele pode se teleportar imediatamente para a pessoa a qualquer momento. Ele também pode aplicar a marca a uma área tocada, como no seu adversário ou alguma outra característica circundante. A técnica é rápida o suficiente para permitir que mesmo, Minato, possa escapar do Jikūkan Idō de Tobi, apesar de este já estar em contato físico com ele. Minato também pode usar esta técnica para tele transportar outros objetos, como quando ele é usado para tele portar a Kurama para fora de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário. É devido a esta técnica que Konohagakure saiu vitoriosa em uma batalha contra Iwagakure durante a Terceira Guerra Mundial Shinobi, apesar de já com falta de mão de obra na linha de frente. Depois de ter seus subordinados a lançar kunais marcadas aleatoriamente para as fileiras inimigas, Minato usou a técnica para aparecer dentro de suas fileiras, utilizando-se a grande velocidade da técnica, aparentemente parecem estar em vários lugares de uma só vez e acabar com esquadrões inteiros um por um em momentos antes que pudessem sequer reagir. Isto, combinado com velocidade natural imensa de Minato e reflexos torna esta técnica extremamente mortal e de acordo como Minato feito o mais rápido ninja de todos os tempos. Minato também passou a técnica para seus guardas especiais, Genma Shiranui, Raido Namiashi e outro shinobi, porém todos os três são necessários para executar a técnica. Para fazer isso, eles formam um círculo com um outro efectuando o selo de confronto com a outra com os dedos polegares seus intermediários, e índice de tocar. Isto permite-lhes para transportar qualquer coisa dentro dos limites do anel. Como eles são agora os guardas da Quinta Hokage, Tsunade foi marcada com a fórmula técnica.

4 Re: Crônicas de um Pequeno Kazekage em Sab 20 Abr 2013, 09:51

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
<center>

<div style="width:410px; text-align: justify; font-family: verdana; font-size: 11px;">
Um Novo Kazekage

Após o selamento, o dia já começava a surgir. A população estava toda em volta dos três. Afinal o fuuinjutsu levou cerca de 3 horas para ser terminado e nesse período não havia mais perigo. Começaram a chegar primeiro alguns ninjas da aldeia que estava por perto. Depois outros que estavam mais distantes também chegaram para ver o que havia acontecido. Depois a população que não havia sido evacuada e por fim todos da aldeia estavam ali. Não se ouvia uma palavra. Todos estavam assentados em forma de círculo em volta dos três. O Irmão de Yuki estava deitado e ao lado dele estava o Kazekage ajoelhado e do outro Yuki também ajoelhado. O Kazekage estava exausto. Seu chakra estava acabando. Yuki colocou suas mãos junto com as do Kazekage para conseguir terminar o Fuuinjutsu. Ao terminar o Kazekage caiu no chão completamente sem chakra e sem força. Yuki foi para o seu lado e o segurou no colo. A esposa do Kazekage e também o filho do mesmo estavam abraçados ali perto e a tudo observava. Kaz acordou mas estava imóvel. Podia ver e ouvir mas não dizia uma palavra.

O Kazekage tentou se sentar mas estava incapaz de qualquer coisa, mal podia falar. Com muito custo levantou o braço apontando para o chapéu de kazekage que estava no chão à 20 metros dali. Um jounnin qualquer foi lá e buscou o chapéu e entregou ao Kazekage e voltou ao seu lugar no círculo. O Kazekage com um extremo esforço, levantou o chapéu e o colocou na cabeça de Yuki e em suas ultimas palavras disse:

- Seja forte, mas seja humano, ame, cuide, cresça... Mas acima de tudo... Defenda a vila!

Em meio a choro e espanto pela aquela situação, Yuki respondeu "Hai". E com um sorriso, e todos à sua volta, o Kazekage faleceu.

</div></div></center>

Itens Em Geral:


Nome: Carta no Onoki
Rank: S
Tipo: Única
Aparência: Um baralho Comum
Descrição: Aparentemente se trata de um baralho de cartas comum. Estas porém tem características únicas. Produzidas pelos altos artesãos do clã Tegami, estas possuem habilidades próprias. Ao receber Chakra, o baralho "produz" mais cartas, estas começam a brilhar um estranho brilho roxo e conduzem o chakra se tornando altamente afiadas e destrutivas. Embora sejam leves, podem ser arremessadas com grande maestria pelo seu dono. Ao entrar em contato com o alvo ela expande todo seu chakra acumulado criando uma pequena explosão. Se usar grande quantidade de cartas, a explosão se torna cada vez mais potente.
- Gasto de 100 de Chakra para ativar o baralho e mais 30 de Ch por post para manter
- Pode-se "passar" o chakra para o baralho 3 vezes por post. Dano Rank A (Até 20 Cartas por Post)
- A Explosão é de 1 Mt de diâmetro, sendo multiplicado pela quantidade de cartas.
Espaço: 5


Nome: Bastão no Onoki
Rank: A
Tipo: Incomum
Aparência: Img
Descrição: Aparentemente trata-se de um bastão comum. Este porém ao ser ativado por chakra, ativa uma habilidade única. O mesmo tem um grande poder destrutivo, o qual ao tocar no alvo libera uma quantidade de chakra suficiente para criar uma leve explosão. Embora pequena, o impácto que é criado através desta causa um grande Dano.
- Dano Rank da Arma. Pode-se usar a liberação de Chakra 3 vezes por post.
- Gasto de 100 de Ch para ativar o bastão e 30 de Ch pra cada vez que liberar chakra através deste.
- Explosão de 5 Mt de diâmetro
Espaço: 10


Nome: Uchi Bastão no Onoki
Rank: S
Tipo: Rara
Aparência: Img
Descrição: Aparentemente trata-se de um bastão comum. Este porém ao ser ativado por chakra, ativa uma habilidade única e toma uma cor azulada. O mesmo tem um grande poder destrutivo, o qual ao tocar no alvo libera uma quantidade de chakra suficiente para criar uma grande explosão. O impácto que é criado através desta causa um grande Dano. O que diferencia este bastão de seu inferior (Bastão Onoki) é sua capacidade de dar dano no chakra.
- Dano Rank da Arma para cada explosão. Pode-se usar a liberação de Chakra 3 vezes por post.
- Gasto de 50 de Ch pra ativar e mais 50 de Ch para cada Explosão
- Explosão de 10 Mt de diâmetro não afetando o usuário.
- É altamente eficaz contra Bijuus causando o dobro de dano.
Espaço: 10


Nome: Athenas Blades
Rank: S
Tipo: Rara
Descrição: São duas blades gêmeas, espadas com um fino brilho azul e a outra avermelhado. Ambas possuem propriedades únicas que as fazem liberar dois dos mais poderosos elementos da natureza, o Raiton e o Katon respectivamente. São extremamente leves e de grande poder de corte, tem uma resistência bem elevada. Acompanham uma espécie de bainha para serem guardadas nas costas.
Spoiler:

- Ao serem usadas deixam um rastro de luz azul e vermelho no ar de acordo com qual delas está sendo usada.
- Podem lançar rajadas de Raiton e de Katon 3 vezes por post (Contando as duas, alcance 20m/cada, Dano de Rank A).
- Ativar o chakra nas lâminas consome 100 de Chakra e gasta 20 de Chakra por post pra manter.
Espaço: 10 As duas (5 cada)

Jutsus Usados:
Hiraishin no Jutsu
Rank: S
Descrição: O Hiraishin no Jutsu é uma técnica criada por Namikaze Minato, que permite ao usuário se transportar para um local marcado em um piscar de olhos. Esta técnica foi a razão por trás de seu apelido, "Raio Dourado de Konoha" (木 ノ 葉 の 黄色い 閃光, Konoha no Senko Kiiroi). Para ativar esta técnica, o usuário precisa de um selo especial ou "fórmula técnica" (术 式, jutsu-shiki) para marcar o destino. Após isso ser feito, o utilizador introduz um vazio dimensional que se transporta instantaneamente para o local do selo. A técnica pode criar fumo, semelhante a uma técnica de invocação, mas que não é sempre o caso. Minato aplicou a fórmula com antecedência nas suas kunais especiais. Ao dar uma kunai a uma pessoa, ele pode se teleportar imediatamente para a pessoa a qualquer momento. Ele também pode aplicar a marca a uma área tocada, como no seu adversário ou alguma outra característica circundante. A técnica é rápida o suficiente para permitir que mesmo, Minato, possa escapar do Jikūkan Idō de Tobi, apesar de este já estar em contato físico com ele. Minato também pode usar esta técnica para tele transportar outros objetos, como quando ele é usado para tele portar a Kurama para fora de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário. É devido a esta técnica que Konohagakure saiu vitoriosa em uma batalha contra Iwagakure durante a Terceira Guerra Mundial Shinobi, apesar de já com falta de mão de obra na linha de frente. Depois de ter seus subordinados a lançar kunais marcadas aleatoriamente para as fileiras inimigas, Minato usou a técnica para aparecer dentro de suas fileiras, utilizando-se a grande velocidade da técnica, aparentemente parecem estar em vários lugares de uma só vez e acabar com esquadrões inteiros um por um em momentos antes que pudessem sequer reagir. Isto, combinado com velocidade natural imensa de Minato e reflexos torna esta técnica extremamente mortal e de acordo como Minato feito o mais rápido ninja de todos os tempos. Minato também passou a técnica para seus guardas especiais, Genma Shiranui, Raido Namiashi e outro shinobi, porém todos os três são necessários para executar a técnica. Para fazer isso, eles formam um círculo com um outro efectuando o selo de confronto com a outra com os dedos polegares seus intermediários, e índice de tocar. Isto permite-lhes para transportar qualquer coisa dentro dos limites do anel. Como eles são agora os guardas da Quinta Hokage, Tsunade foi marcada com a fórmula técnica.

5 Re: Crônicas de um Pequeno Kazekage em Sab 20 Abr 2013, 10:03

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
<center>

<div style="width:410px; text-align: justify; font-family: verdana; font-size: 11px;">
Uma Nova História

Yuki engoliu o choro e tomou uma postura séria. Erguendo-se e ficando de pé foi aplaudido pela população. A morte do Kazekage não foi motivo de choro para a vila, pois o seu legado permanecia nos corações. Ele juntamente com Yuki haviam se transformado em Heróis. Embora os líderes do País temessem colocar um cargo dessa confiança na mão de um garoto, a população o amava e o tinha em grande estima. Suas habilidades de combate também eram únicas o que pesou na balança na decisão da permanência de Yuki no cargo.

Yuki e seu irmão Kaz seguiam suas vidas bem um com o outro. Kaz entendeu o motivo de tudo acontecer. A vila precisava daquele poder para ser mantida em segurança, para que quando fosse preciso, que a Bijuu fosse usada como arma. Os irmãos viviam bem com isso, o sentimento de patriotismo e aquela frase do Kazekage se mantinha viva nos corações. Aquilo mais tarde ficou conhecido como "O legado do 8º" em alusão ao 8º Kazekage.

</div></div></center>

Itens Em Geral:


Nome: Carta no Onoki
Rank: S
Tipo: Única
Aparência: Um baralho Comum
Descrição: Aparentemente se trata de um baralho de cartas comum. Estas porém tem características únicas. Produzidas pelos altos artesãos do clã Tegami, estas possuem habilidades próprias. Ao receber Chakra, o baralho "produz" mais cartas, estas começam a brilhar um estranho brilho roxo e conduzem o chakra se tornando altamente afiadas e destrutivas. Embora sejam leves, podem ser arremessadas com grande maestria pelo seu dono. Ao entrar em contato com o alvo ela expande todo seu chakra acumulado criando uma pequena explosão. Se usar grande quantidade de cartas, a explosão se torna cada vez mais potente.
- Gasto de 100 de Chakra para ativar o baralho e mais 30 de Ch por post para manter
- Pode-se "passar" o chakra para o baralho 3 vezes por post. Dano Rank A (Até 20 Cartas por Post)
- A Explosão é de 1 Mt de diâmetro, sendo multiplicado pela quantidade de cartas.
Espaço: 5


Nome: Bastão no Onoki
Rank: A
Tipo: Incomum
Aparência: Img
Descrição: Aparentemente trata-se de um bastão comum. Este porém ao ser ativado por chakra, ativa uma habilidade única. O mesmo tem um grande poder destrutivo, o qual ao tocar no alvo libera uma quantidade de chakra suficiente para criar uma leve explosão. Embora pequena, o impácto que é criado através desta causa um grande Dano.
- Dano Rank da Arma. Pode-se usar a liberação de Chakra 3 vezes por post.
- Gasto de 100 de Ch para ativar o bastão e 30 de Ch pra cada vez que liberar chakra através deste.
- Explosão de 5 Mt de diâmetro
Espaço: 10


Nome: Uchi Bastão no Onoki
Rank: S
Tipo: Rara
Aparência: Img
Descrição: Aparentemente trata-se de um bastão comum. Este porém ao ser ativado por chakra, ativa uma habilidade única e toma uma cor azulada. O mesmo tem um grande poder destrutivo, o qual ao tocar no alvo libera uma quantidade de chakra suficiente para criar uma grande explosão. O impácto que é criado através desta causa um grande Dano. O que diferencia este bastão de seu inferior (Bastão Onoki) é sua capacidade de dar dano no chakra.
- Dano Rank da Arma para cada explosão. Pode-se usar a liberação de Chakra 3 vezes por post.
- Gasto de 50 de Ch pra ativar e mais 50 de Ch para cada Explosão
- Explosão de 10 Mt de diâmetro não afetando o usuário.
- É altamente eficaz contra Bijuus causando o dobro de dano.
Espaço: 10


Nome: Athenas Blades
Rank: S
Tipo: Rara
Descrição: São duas blades gêmeas, espadas com um fino brilho azul e a outra avermelhado. Ambas possuem propriedades únicas que as fazem liberar dois dos mais poderosos elementos da natureza, o Raiton e o Katon respectivamente. São extremamente leves e de grande poder de corte, tem uma resistência bem elevada. Acompanham uma espécie de bainha para serem guardadas nas costas.
Spoiler:

- Ao serem usadas deixam um rastro de luz azul e vermelho no ar de acordo com qual delas está sendo usada.
- Podem lançar rajadas de Raiton e de Katon 3 vezes por post (Contando as duas, alcance 20m/cada, Dano de Rank A).
- Ativar o chakra nas lâminas consome 100 de Chakra e gasta 20 de Chakra por post pra manter.
Espaço: 10 As duas (5 cada)

Jutsus Usados:
Hiraishin no Jutsu
Rank: S
Descrição: O Hiraishin no Jutsu é uma técnica criada por Namikaze Minato, que permite ao usuário se transportar para um local marcado em um piscar de olhos. Esta técnica foi a razão por trás de seu apelido, "Raio Dourado de Konoha" (木 ノ 葉 の 黄色い 閃光, Konoha no Senko Kiiroi). Para ativar esta técnica, o usuário precisa de um selo especial ou "fórmula técnica" (术 式, jutsu-shiki) para marcar o destino. Após isso ser feito, o utilizador introduz um vazio dimensional que se transporta instantaneamente para o local do selo. A técnica pode criar fumo, semelhante a uma técnica de invocação, mas que não é sempre o caso. Minato aplicou a fórmula com antecedência nas suas kunais especiais. Ao dar uma kunai a uma pessoa, ele pode se teleportar imediatamente para a pessoa a qualquer momento. Ele também pode aplicar a marca a uma área tocada, como no seu adversário ou alguma outra característica circundante. A técnica é rápida o suficiente para permitir que mesmo, Minato, possa escapar do Jikūkan Idō de Tobi, apesar de este já estar em contato físico com ele. Minato também pode usar esta técnica para tele transportar outros objetos, como quando ele é usado para tele portar a Kurama para fora de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário. É devido a esta técnica que Konohagakure saiu vitoriosa em uma batalha contra Iwagakure durante a Terceira Guerra Mundial Shinobi, apesar de já com falta de mão de obra na linha de frente. Depois de ter seus subordinados a lançar kunais marcadas aleatoriamente para as fileiras inimigas, Minato usou a técnica para aparecer dentro de suas fileiras, utilizando-se a grande velocidade da técnica, aparentemente parecem estar em vários lugares de uma só vez e acabar com esquadrões inteiros um por um em momentos antes que pudessem sequer reagir. Isto, combinado com velocidade natural imensa de Minato e reflexos torna esta técnica extremamente mortal e de acordo como Minato feito o mais rápido ninja de todos os tempos. Minato também passou a técnica para seus guardas especiais, Genma Shiranui, Raido Namiashi e outro shinobi, porém todos os três são necessários para executar a técnica. Para fazer isso, eles formam um círculo com um outro efectuando o selo de confronto com a outra com os dedos polegares seus intermediários, e índice de tocar. Isto permite-lhes para transportar qualquer coisa dentro dos limites do anel. Como eles são agora os guardas da Quinta Hokage, Tsunade foi marcada com a fórmula técnica.
[/quote]

6 Re: Crônicas de um Pequeno Kazekage em Sex 26 Abr 2013, 10:43

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
<br>

Ilha do Mistério Oculto
<center><div style="width:410px; text-align: justify; font-family: verdana; font-size: 11px;">

Essa próxima história se passa quando Yuki era ainda um Chunnin, pré-candidato à Jounnin por sua aldeia, quando Yuki ainda treinava o domínio da técnica do Hiraishin. Nossa história se passa quando Yuki e sua equipe recebe uma missão para investigar um cientista em uma estranha ilha perto do país do arroz. De acordo com os relatos, um cientista estava criando experiencias com animais comuns tentando criar novas Kuchiyoses que fossem facilmente dominadas e leais para que pudessem ter um potencial militar para o país. Uma missão que aparentemente deveria ser Rank B toma proporções maiores durante a aventura. Acompanhem essa história épica e divertida com vários capítulos lançados no decorrer da semana.

</div></div></center>

7 Re: Crônicas de um Pequeno Kazekage em Sex 26 Abr 2013, 15:32

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
<center><div style="width:410px; text-align: justify; font-family: verdana; font-size: 11px;">

Era uma manhã como outra qualquer. Yuki, Lew e Inori foram chamados por seu Sensei Akasuna (Em Homenagem ao antigo Kazekage aqui no NRPG e mui amigo Akasuna no Sasori) ao gabinete do Kazekage. Yuki saiu de casa às pressas e nem sequer almoçou. A mãe do mesmo pediu para que ele comesse algo mas Yuki respondeu dizendo que estava com pressa pois estava prestes a receber mais uma missão e saiu sem nem mesmo se despedir. Yuki era o tipo de garoto que gostava do que fazia, embora todos rissem do rapaz que sonhava em ser igual ao Quarto Hokage, os mais velhos viam o garoto cada dia mais se tornando um ótimo Shinobi. O Avô de Yuki deu para o mesmo quando este se tornou Genin, um poderoso baralho de cartas especiais e uma colessão de armas que incluía dois bastões de combate e uma das duas espadas gêmeas. Dizia à Yuki que a outra espada daria ao mesmo quando ele se tornasse Jounnin. Essa missão se tornava também se tornava especial, pois após a conclusão da mesma, seus pais prometeram indicá-lo para Jounnin, e assim Yuki poderia finalmente ter posse das duas espadas gêmeas.

Saiu em disparada pela rua passando por todos. Pulava por entre as casas se pendurando nos fios e afins. Chegando no gabinete encontrou Inori e Lew esperando do lado de fora.

- Sempre atrazado Yuki! - Socou Inori a cabeça do garoto
- Calma Inori eu estava ocupado essa manhã! - Respondeu Yuki
- Não me diga que estava treinando "aquele jutsu" de novo? kkkkk - Riu Lew
- Sim eu estava! E por pouco não consegui dessa vez! - Respondeu Yuki animado
- Vai acabar se matando garoto - Debochou Inori
- Cale a boca os três e entrem! - Disse Akasuna

O fato é que Yuki era piada entre os demais Gennins e Chunnins por tentar aprender um jutsu impossivel chamado Hiraishin, uma técnica super avançada de teletransporte usada pelo 4º Hokage, heroi e ídolo de Yuki. Nem mesmo os seus amigos de grupo e seu próprio sensei acreditavam que Yuki iria conseguir aprender e isso fazia ele alvo de chacota. Por mais que Yuki fosse um especialista em Fuuinjutsus, isso estava além do alcance de qualquer pessoa.

Entraram no Gabinete do Kazekage ainda discutindo, mas logo que viram o mesmo sentado em sua cadeira se calaram. O Kazekage era um Jovem de 30 e poucos anos, e havia sido mentor de Akasuna, o que fazia de Yuki, Lew e Inori um grupo privilegiado que carregava os ensinamentos do mesmo. O Kazekage se inclinou pela mesa e começou a falar:

- Como havia dito a vocês anteriormente, interceptamos uma mensagem de uma possivel doação para uma pesquisa com Kuchiyoses no país do arroz. Parece que um cientista anda cruzando DNA's de espécies e vendendo para várias organizações criminosas do país do Arroz. Geralmente isso não seria nosso problema, mas o senhor feudal daquele país nos pediu ajuda uma vez que eles não tem potencial militar para deter essa venda e essas organizações. Estamos enviando vocês para descobrir mais sobre esse Cientista e possivelmente interromper essas negociações. Akasuna já tem os detalhes da missão. Estão dispensados!

- Hai! - Disseram os Quatro

Vinte minutos depois todos estavam prontos na porta da aldeia já preparados para seguir viagem...

</div></div></center>

8 Re: Crônicas de um Pequeno Kazekage em Sex 26 Abr 2013, 21:00

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
<center><div style="width:410px; text-align: justify; font-family: verdana; font-size: 11px;">

A maior parte da viagem foi tranquila. Enquanto estavam em seu próprio país conseguiram cobrir boa parte da distância. Chegaram no porto ao final do dia quando já anoitecia. Estavam um pouco cansados e famintos da viagem. Inori se sentou em cima de um caixote de madeira enquanto os dois garotos sentaram no chão do cais escorados no caixote. Os três olharam para a lua que erguia no horizonte e se perguntavam qual seria a próxima refeição. Akasuna foi até um velhote que estava fechando uma pousada. Os garotos ficaram até animados com a possibilidade de uma boa comida e uma noite de sono, mas Akasuna retornou dizendo que a pessoa que estavam procurando estava do outro lado do cais e já os esperava no Navio.

- UUUUUUUUUUU QUEEEEEEEEEEEE? - Perguntaram os dois garotos juntos
- Isso só pode ser piada cara e a comida? - Perguntou Yuki com uma cara de decepcionado
- Você só pensa em comer Yuki? Temos uma missão para concluir - Resmungou Inori
- Isso mesmo Inori. Yuki sua companheira de equipe está mais perto de se tornar um Jounnin do que você, não quer se tornar um Jounnin? Então aja como tal! - Repreendeu Akasuna
- Eu não estou com fome, eu aguento continuar - Disse Lew
- Se esse palerma consegue eu também consigo! - Retrucou Yuki fuzilando Lew com os olhos
- Está decidido então, partiremos imediatamente e jantaremos quando der - Concluiu Akasuna subindo à bordo

O estomago de Yuki roncou, mas não havia nada que pudesse fazer. Subiram todos à bordo de um navio que embora humilde era consideravelmente até grande. Foram acomodados em dois quartos. Inori em um, Lew e Yuki no outro. Akasuna disse que não iria precisar que ficaria de guarda no convés. Após se acomodarem estavam todos no convés olhando o céu esperando a hora de dormirem. Foi quando o imediato os chamou dizendo que o capitão estava solicitando a presença dos quatro. Foram todos aos aposentos do capitão que os esperavam com uma mesa farta. Ele insistiu que se assentassem e comessem pois deveriam estar com fome depois de um dia de viagem. Yuki assentou-se a mesa e só depois de pegar os pratos que se lembrou de agradecer. Deu um pequeno sorriso para o capitão e disse que estava morrendo de fome e pediu perdão. Inori balançou a cabeça que não de forma irônica satirizando o garoto. Lew deu uma pequena risada de lado e Akasuna se manteve sorrindo.

O Jantar foi bem servido, haviam batatas cozidas em um molho que estava a carne, um frango assado desossado, peixe frito e frutas. De beber haviam apenas RUN, mas nenhum dos quatro beberam, preferiram beber água mesmo. Após uma farta refeição todos agradeceram e foram para seus aposentos com exceção de Akasuna que foi para o convés.

Na manhã seguinte Yuki, Lew e Inori acordaram bem dispostos. Yuki correu até o convés e deu um grito de "Bom dia" que fez as aves que estavam no mastro voar. Uma delas soltou um "presente" que caiu na cabeça de Akasuna que estava de costas. Os garotos se puseram a rir e caçoar do mesmo. Ao perceberem que ele nem se moveu, decidiram ver o que estava havendo. Akasuna estava parado olhando o horizonte com os olhos vermelhos de veias com o cabelo todo esgandaiado e sussurando: "Não estou com sono" "Não estou com sono" "Não estou com sono".

A sena foi ainda pior com o "presente" escorrendo pela cabeça do mesmo. Foi quando ele acordou de sua "transe" e começou a gritar com os garotos dizendo "Estão rindo de quem? Eu não estava dormindo estava meditando!". Os garotos fingiram concordar e continuaram rindo da situação.

O restante da viagem pelo mar foi ainda mais engraçada. Enquanto os garotos se divertiam pescando, balançando com as cordas no mastro, jogando dados com a tripulação e etc, Akasuna dormia pelos cantos fazendo caras e bocas e falando coisas sem sentido. Foi quando já estava anoitecendo que decidiram coloca-lo na cama de Lew para dormir um pouco. Ao cair da noite, Lew e Yuki se revezaram na guarda, uma vez que Akasuna estava dormindo na cama de Lew, sobrava apenas uma cama para os dois que preferiram ficar acordados metade da noite do que dividir a cama.

Na manhã seguinte todos estavam acordados e bem dispostos e havia terra no horizonte, o país do arroz se aproximava....

</div></div></center>[/quote]

9 Re: Crônicas de um Pequeno Kazekage em Sab 27 Abr 2013, 16:28

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
<center><div style="width:410px; text-align: justify; font-family: verdana; font-size: 11px;">

Antes do meio dia desembarcaram no país do arroz. Como e um país relativamente pequeno, levaria poucas horas do cais até a cidade mais próxima por isso todos estavam animados para almoçarem na cidade grande, embora o jantar da noite anterior tenha sido excelente. Desceram do Navio assim que o mesmo atracou. Todos pareciam empolgados em continuar a viagem, mas a temperatura do local não ajudava. Acontece que naquele país faz frio a maior parte do Ano e eles chegaram bem na época do ano em que começa a nevar.

- Não podemos nos atrasar para nossa missão. Temos apenas alguns dias antes de tudo congelar e assim ficará mais difícil de concluirmos nossa missão - Se virou para o mar olhando as aves voando e suspirou para continuar - Por isso se aprontem, à partir de agora cada segundo vale, nada de distrações ok?

Ao se virar Inori estava olhando uma borboleta que estava em uma flor ali perto e Yuki e Lew estavam pechinchando algo na lojinha de turistas virando a esquina.

- Ah o que eu faço com esses três? - Resmundou Akasuna com a cabeça baixa

Demorou cerca de 30 minutos para conseguirem sair do caís. Yuki queria a todo custo ganhar no truco com os piratas, e de fato, levou dali cerca de 400 Ryous da mão deles, cerca de 1 més do seu salário. Acontece que Yuki é especialista em cartas e não vou mentir, ele trapaceou, mas isso não vem ao caso. Inori aproveitou para olhar uns vestidos e Lew vasculhava a coleção de espadas do ferreiro em busca de uma interessante.

Com muito custo a viagem recomeçou. Viajaram cerca de duas horas até chegar na cidade mais próxima. Era aproximadamente uma hora da tarde quando entraram em um restaurante para comer. Como sempre, Akasuna teve de pagar pelo almoço dos três, principalmente de Lew que comia pra caramba. Saindo do restaurante decidiram circular em procura de informações. Separaram em duplas, Lew e Akasuna foram para o outro lado da cidade enquanto Yuki e Inori continuaram a procurar desse lado da cidade. Foi uma busca bem feita mas não ouviram nem viram nada que pudesse ajudar e nem mesmo conseguiram achar ninguém que conhecesse sobre algo parecido com o que procuravam. Nem mesmo depois de assustar e apavorar os bárbaros não conseguiu ninguém que falasse à respeito.

Foi quando Yuki e Inori estavam voltando ao ponto de encontro que a situação mudou.
- Isso é uma perda de tempo! Nunca vamos achar nada dessa forma! Devíamos buscar informações com o Damayou do país! - Questionou Yuki
- Calma Yuki, mal começamos a procurar, tenha paciência! - Respondeu Inori
- AH claro como se alguém fosse saber... "Moço você viu um animal grande e estranho andando por ai? Estamos procurando o ninho dele" ¬¬ - Resmungou Yuki
- Vocês estão procurando o ninho dos reis lagartos? - Perguntou uma menina que estava sentada num banco ali perto

Os dois se calaram e olharam para a garota. Inori se aproximou da mesma que ficou de pé para conversar com ambos.

- Vocês são ninjas não são! Já ouvi falar de gente como vocês! Meus pais já conheceram ninjas como vocês há alguns anos, eles também estavam procurando o ninho dos reis lagartos. - Disse a garota
- Que interessante! É exatamente o que estamos procurando não é Yuki? - Perguntou Inori olhando pra Yuki fazendo de forma com que o mesmo entendesse que era pra concordar
- Sim Sim! Poderia nos mostrar onde é? - Respondeu ele
- É cláro! Mas lá é muito perigoso meus pais me proíbem de ir lá. Fica atrás daquelas colinas descendo a montanha, vão ver uma floresta e entrar dentro dela. Depois de umas duas horas de caminhada sigam para o Sul. É bem fácil costumava brincar lá quando era mais nova. Porque querem os reis lagartos? Eles não fazem mal a ninguém! Mamãe disse que eles nos protegem dos estranhos. - Respondeu ela
- Nos queremos conhece-los só isso! - Disse Inori sorrindo

A garota sorriu para ambos e voltou a se sentar. Inori agradeceu e contactou Akasuna pelo rádio. Dez minutos depois se encontraram na saída da vila que dava para as colinas. A noite parecia estar prestes a cair, mas não tinham tempo para descansar, precisavam de ter mais informações e a parte da noite é perfeita para espionagem. Se aprontaram o melhor que puderam e partiram. Seguiram as orientações da garota até o ponto em que viravam rumo ao sul. Nesse momento a lua nascia no horizonte, e esse horário não é o melhor para se viajar querendo se ocultar. A sombra que a lua fazia estendia-se por vários metros, passar por entre as árvores naquela situação faria com que eles fossem facilmente descobertos através dos vultos. Decidiram então acampar e esperar a lua estar mais a pino. Seria seis horas acampados na noite fria sem fogueira apenas com a roupa do corpo em uma ilha no meio do oceano. Seria um teste de resistência física, e algo que poderia comprometer a missão mais tarde caso não pudessem suportar...

</div></div></center>

10 Re: Crônicas de um Pequeno Kazekage em Ter 30 Abr 2013, 09:14

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
<center><div style="width:410px; text-align: justify; font-family: verdana; font-size: 11px;">

A noite se tornava fria. Sentados e imóveis, os ninjas esperavam. O frio cortava o peito e os faziam ficar cada vez mais parados. A hora de avançar estava se aproximando, sabiam que tinham que se levantar e prosseguir mas o frio e o sono que vinha com ele os prendia no chão. Cada vez que pensavam em se levantar se sentiam mais presos e mais imóveis. Parecia não haver fim à aquela agonia. A lua já estava à pique mas ninguém se movia. Nenhuma palavra era dita, apenas o vento frio que soprava por entre as árvores fazia barulho. A neve já havia começado a cair fazendo com que a situação se agravasse. Imóveis e inertes presos em um Genjutsu natural da noite eterna da floresta, adormeceram.

Akasuna acordou na madrugada com gritos de socorro. Olhando à sua volta pôde ver que Inori não estava ali. Os garotos acordaram também assustados, mas nenhum dos três conseguiam se mover. Lew se tocou de que aquilo era um Genjutsu e como tal com um esforço tremendo fez seu ciclo de chakra interromper o Genjutsu. Depois de fazê-lo apenas correu atrás de onde vinha os gritos de Inori gritando para Yuki e Akasuna:

- É um Genjutsu! É um Genjutsu! - Gritou ele alertando

Akasuna quase que de imediato após ouvir isso conseguiu se libertar. Olhou para Yuki e viu o mesmo tentando fazê-lo e correu para onde Lew havia ido. Yuki porém embora fosse excelente em Genjutsu, ficou apavorado de não poder se mecher. Se livraria facilmente se pudesse efetuar o selo de Kai, mas imóvel daquele jeito se sentiu acuado e com medo. "E se eu não conseguir me libertar e alguém vier e me matar?". Preocupações o rondava o que prejudicava sua técnica. Com muito custo conseguiu se libertar do Genjutsu mas já era um pouco tarde. Já não ouvia a voz dos companheiros nem os gritos de Inori. Correu na direção onde eles haviam corrido e perseguiu seus rastros até onde eles acabavam. A neve os tampou rapidamente deixando a procura praticamente impossível.

Yuki continuou a procurar durante toda a noite. O dia amanheceu e este ainda procurava mas nada encontrava. Quando estava no meio da tarde se lembrou que estava com fome e de que seus companheiros talvez pudessem ter voltado à cidade. Yuki então retornou à cidade. Embora a tarde tenha sido em partes com um clima agradável, começou a chover naquele momento. Yuki se sentou escorado em um muro de pedra debaixo da ponte. Curvou a cabeça e começou a chorar. Seria ele talvez o único sobrevivente? Teria de voltar à sua vila com o peso de um fracasso e da perda de seus companheiros?


</div></div></center>

11 Re: Crônicas de um Pequeno Kazekage em Qua 12 Out 2016, 03:44

Aquiles

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
Preciso terminar essa história...

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum