Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[Casa] Sam

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 [Casa] Sam em Sex 17 Nov 2017, 00:34

Sam

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
- Independente das mudanças que pensem em fazer no fórum, peço que não excluam essa casa como fizeram com a anterior... é um local para meus RPs sem interferência no que ocorre no ON. Esta casa fica, a princípio, em Konoha, mas como não sei como ficará a organização do fórum, deixarei-a aqui por enquanto.

- Abaixo, uma breve descrição da casa, com algumas imagens no spoiler para ajudar a ilustrar o ambiente. Essa é uma descrição inicial, que pode sofrer adaptações e ser incluídas coisas novas futuras no decorrer das narrativas.


Fotos do exterior:





Situada numa área da vila próxima à floresta, esta casa segue o estilo Vitoriano de arquitetura com alguns toques de modernidade. O perímetro é protegido por grades medievais cinzas, conectadas por colunas dóricas de mesma cor. Através de largos portões góticos, encontra-se um vasto jardim, com um lago ornamental que corta a extremidade oeste do sul ao norte. O lago inicia-se do lado oposto à entrada, ao norte, onde uma mini-cachoeira jaz, derramando água potável que corre até a outra extremidade, onde termina em um pequeno círculo em formato de um pequeno golfo. No meio do percurso, há uma ponte rústica de madeira na qual dá acesso ao cofre de pedras, cuja porta se abre ao pressionar uma das pedras que compõe a enorme estrutura, que ainda dentro da área externa da casa, finda-se escondida por algumas árvores no local. Apesar de haver uma porta de pedra, ela é praticamente despercebida, e o local pode ser muito bem confundido com uma área de treino, com alvos e bonecos de treino para disfarçar a seriedade oculta ali.

Dentro do cofre, há prateleiras esculpidas nas próprias paredes de pedra, com inclusive gavetas onde podem ser guardados pergaminhos, itens ninjas, arsenais e outros utensílios. Um caixão de pedra esculpido com suaves ondas nas bordas jaz no centro da pequena sala do cofre e, ao arrastá-lo ao lado, abre-se uma escadaria ao subsolo, na qual encontra-se um local reservado para experimentos, medicina e frigoríficos para conservação de corpos e substâncias perecíveis e, uma parte reservada, para os tóxicos.

Voltando ao jardim, um caminho de pedras brilhantes levam à entrada da casa, com portas entalhadas em madeira antiga, nas quais se abrem ao salão principal, cujo centro é a casa de um animal exótico de mármore que cospe água dentro de uma fonte, que cai em fontes menores abaixo.
A cozinha e a sala de jantar ficam, cada uma, em uma extremidade do saguão, e após a estátua do centro, há uma escadaria que leva ao andar superior, onde se encontram os quartos e a biblioteca. Um dos livros localizados na estante acostada à parede é uma alavanca, que ao pressionada abre-se uma passagem secreta que leva para o subsolo, e ao segui-la é possível alcançar o interior do cofre sem ser visto pela área externa.



Última edição por Sam em Sex 17 Nov 2017, 00:43, editado 2 vez(es) (Razão : Add observações)

http://harryrpgpotter.forumeiros.com

2 Re: [Casa] Sam em Ter 05 Jun 2018, 00:24

Sam

avatar
Aluno de Academia
Aluno de Academia
Os obstáculos multiplicavam-se a cada salto, e pareciam emergir do solo a cada novo segundo. São os efeitos do veneno. Eu pressionava minha mão em meu braço esquerdo a evitar uma evasão veloz dos corpos estranhos em minha corrente sanguínea. Quem diria que aquele animal poderia causar tanto estrago... mas ao menos eu já estava próximo. Posso ouvir o som da queda.

Saltei novamente de um galho a outro, e assim sucessivamente. Estava próximo. Tentei mexer minha mão esquerda, mas o formigamento venceu e ela pesou. Estou perdendo o controle sobre mim mesmo. Olhei para trás, e eu não parecia estar mais sendo perseguido. Uff!, suspirei em alívio. Mas uma sombra acertou-me por trás, e despenquei do emaranhado de folhas de primavera. Argh!, grunhi em dor quando alcancei fortemente uma raiz sobressaltando o chão. Rolei ao lado para levantar, mas eu estava cercado. Minha cabeça rodou quando tentei me consertar, mas pude ver seus dentes. Meus ouvidos eram puro som da queda próxima. É tudo ou nada.

Já em pé, as criaturas investiram pela minha carne. Eu havia de arriscar. Dei um salto para trás calculado pelo som como último suspiro. Cheguei. A cascata acertou-me com um soco de um amante raivoso sedento por vingança. Caí como se daquela água eu pertencesse, e despencamos como somente um em queda-livre. O TIBUUM! veio segundos mais tarde, e toda aquela água gelada envolveu-me com um tapa na cara. Comecei a sentir meu braço esfriar, e isso era um bom sinal.

Bati minhas pernas a encontrar a superfície. Olhei acima da cascata, e nenhum sinal dos monstrinhos. Malditos, quase tomaram minha vida por um banquete. Movimentei meu braço machucado debaixo d'água enquanto pressionava a ferida, de cima para baixo, tentando fazer esvair o veneno; não sei se funcionaria, mas não custava tentar. Mesmo ali, já me sentia mais vivo, mais potente. Talvez o efeito esteja passando. Deixei a correnteza levar-me para uma pequena superfície rochosa no meio daquele mini-golfo. Alguns peixinhos acompanharam-me nadando por entre minhas pernas atrofiadas, e aquela era uma das melhores sensações que o momento poderia proporcionar.

Deitei sob a pedra, e deixei os feixes de luz que invadiam a selva envolver meu tórax. Minha blusa já estava quase toda desmanchada por rasgos e cortes, e isso facilitou meu aquecimento momentâneo. Ri da minha desgraça. Preciso regressar à minha casa, aqui ainda pode ser demasiado perigoso. Quando me pus em pé na superfície, minha calça pesou com a água escorrendo ao chão. Agora, eu poderia ser a própria cachoeira. Eu quase não já mais sentia a ferida, o sangue não escorria há tempo. Essa água me salvou. Dei um último olhar ao local, e retomei meu percurso.

http://harryrpgpotter.forumeiros.com

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum